Browsing: Maranhão

Flávio Dino, estrela da esquerda, não brilha no governo do Maranhão De VEJA A  eleição de um governador comunista no Maranhão fez soar o alarme na diretoria da Suzano em 2014. A empresa de celulose havia aberto naquele ano uma fábrica na cidade de Imperatriz, no interior do estado, e temia o intervencionismo que um político do PCdoB poderia implementar. Flávio Dino, um ex-juiz federal e ex­-deputado, entrou na sala de reuniões da companhia e anunciou: “Eu sou um comunista que trará o capitalismo ao Maranhão. Vivemos ainda na Idade Média”. Àquela época, Dino era uma novidade no cenário político…

Do Correio Braziliense O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que prefere ver o apresentador Luciano Huck fazendo discursos e campanha em 2022 do que presenciar o ministro da Economia, Paulo Guedes, “agredindo” as domésticas, referindo-se à fala do chefe da equipe econômica, que ao justificar o aumento do dólar nesta quarta-feira (12/2), disse que era bom, pois a categoria estava indo para “Disney e realizando uma festa danada”. As declarações do governador foram dadas durante entrevista ao programa CB.Poder, uma parceria entre o Correio Braziliense e a TV Brasília.  “Eu vejo que o Luciano Huck tem apresentado hoje um discurso na perspectiva social democrática, defesa de medidas…

O Solidariedade lançou mais de 50 pré-candidatos a prefeito, entre eles Carlos Madeira, para as eleições de outubro deste ano em evento realizado em São Luís na sexta-feira, 7, com presença de centenas de pessoas. O encontro foi liderado pelo presidente estadual da legenda e secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, e contou com a presença do presidente nacional do partido, Paulinho da Força. Também marcaram presença o secretário geral do Solidariedade,  Luiz Adriano, e o membro da executiva, Marcelo Cavalcante. Paulinho da Força citou o crescimento do Solidariedade no Maranhão e do partido em todo o…

247 – Jair Bolsonaro atacou novamente o governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PCdoB), eventual candidato a presidente da República em 2022. “Obras definitivas têm chegado em todo o Nordeste. No vídeo, poços artesianos no interior do Maranhão, o único estado governado por comunistas declarados no Brasil”, escreveu ele no Twitter. Na gravação compartilhada por Bolsonaro, o prefeito Fred Maia (MDB) destaca a ação do Governo Federal em conjunto com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a prefeitura de Trizidela do Vale. Bolsonaro já havia atacado o governador, em julho, durante coletiva de imprensa. “O pior governador é o…

Das 27 unidades da federação, 17 enviaram para as Assembleias ou estão preparando propostas de reforma da Previdência.  Desde outubro, sete estados conseguiram aprovar propostas; Maranhão, Piauí, Acre, Alagoas, Espírito Santo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Distrito Federal e Bahia estudam possibilidade de mandar textos próprios. Rondônia não pretende fazer alterações.das regras atuais. O Maranhão está na categoria fraca em relação ao equilíbrio fiscal. O diretor da Instituição Fiscal Independente, Josué Pellegrini, acha que a situação da Previdências nos estados é ainda mais grave.ainda do que da União. “A tendência é de aumento contínuo das despesas com as aposentadorias…

De O Estadão SÃO LUÍS – Tradicional celebração da Região Nordeste do Brasil, o Bumba Meu Boi do Maranhão foi escolhido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura  (Unesco), em reunião realizada em Bogotá, na Colômbia, nesta terça-feira, 10. Reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como Patrimônio Cultural do Brasil em 2011, o Bumba Meu Boi do Maranhão é considerado um Complexo Cultural por congregar diversos bens associados em uma manifestação. A série de eventos apresenta performances dramáticas, musicais e coreográficas, mas também elementos materiais, como artesanatos, bordados do couro do boi e indumentárias dos personagens, instrumentos musicais, entre outros. …

O secretário dos Direitos Humanos e Participação Popular em exercício no Maranhão, Jonata Galvão, afirmou ontem que o governo federal deveria adotar medidas efetivas para proteger os territórios indígenas do Estado, e não agir apenas após os ataques acontecerem. “São só respostas reativas às barbaridades que têm acontecido. Queremos saber se o governo federal vai ficar reativo aos atentados ou se vai estruturar uma medida concreta e agir para combater esses crimes”, disse ele, após o segundo ataque com mortes de indígenas em menos de 40 dias no Maranhão. No sábado, dois índios da etnia guajajara – Raimundo Guajajara e…

A ativista sueca Greta Thunberg  afirmou, neste domingo (8/12), que indígenas estão sendo assassinados no Brasil por tentarem proteger as florestas. Ela comentou, por meio de uma rede social, a morte de dois caciques indígenas da etnia Guajajara, que foram mortos em um ataque a tiros na BR-226, região do município de Jenipapo dos Vieiras, localizado a 506km de São Luís, no sábado (7/12). Greta é um dos principais nomes entre os ativistas mundiais que denunciam as mudanças climáticas que afetam o planeta em razão da degradação da natureza realizada pela humanidade. “Os povos indígenas estão sendo literalmente assassinados por tentar…

BRASÍLIA — O segundo atentado contra indígenas da etnia Guajajara no Maranhão em menos de 40 dias aumentou a preocupação de estudiosos, ativistas e entidades de direitos humanos com a proteção desses povos e gerou reações dentro e fora do país. O governo do estado informou que irá reforçar o policiamento nas divisas com as terras indígenas, numa tentativa de monitorar e coibir a entrada de madeireiros e outras atividades ilegais na região. Dentro da terra demarcada, a responsabilidade de fiscalização é do governo federal. O ministro da Justiça, Sergio Moro, deve decidir nesta semana se envia a Força Nacional de…

Rubens ValenteEduardo Anizelli TERRA ÍNDIGENA ARARIBOIA (MA) Eles vivem da caça e da pesca, nus e sem contato com não indígenas em um pedaço da mata calculado em 3% dos 412 mil hectares da Terra Indígena Arariboia, no Maranhão. Semana após semana, contudo, esse exemplo raro do modo de vida indígena é progressivamente ameaçado pela ação de madeireiros e caçadores clandestinos, que invadem o território e obrigam os awás à perda de comida e frequentes deslocamentos, no que os transformou, segundo indigenistas, no grupo humano isolado “mais ameaçado do mundo”. Sem uma base de fiscalização da Funai (Fundação Nacional do Índio), da…

1 2 3 6