Exploração comercial da Base de Alcântara poderá render U$ 3,5 bilhões, informa ministro

Comentários 0

    O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, participou de audiência pública conjunta das Comissões de Relações Exteriores (CRE) e de Ciência e Tecnologia (CCT) nesta quinta-feira (28), quando falou sobre o acordo assinado por Brasil e EUA que permite a exploração comercial da Base de Alcântara, no Maranhão.

    Ele citou as vantagens do acordo para o desenvolvimento da região e garantiu os fins pacíficos das operações norte-americanas em território brasileiro.

    O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) confirmou as expectativas de que os maranhenses possam se envolver nas atividades econômicas que resultem das operações dos EUA no estado, o que foi questionado pela senadora Eliziane Gama (PPS-MA) que pediu maiores detalhes sobre os benefícios para a comunidade local. Já o senador Weverton Rocha (PDT-MA) lamentou a tragédia na base de Alcântara em 2003 que, segundo ele, levou ao esquecimento daquela estrutura. O acordo ainda precisa ser ratificado pelo Congresso Nacional.

Os comentários estão desativados.